Avanço na contaminação da Covid-19 cancela eventos esportivos
20/01/2022 13:18 em Variadas

Em encontro reunindo representantes da Prefeitura e da organização de algumas competições esportivas previstas para os próximos meses, foi discutido o atual cenário da pandemia no Município e as decisões a serem tomadas frente ao avanço do número de casos de contaminação pela Covid-19. Na ocasião houve a definição pelo cancelamento das edições deste ano da Travessia a Nado entre São José do Norte e Rio Grande e da Supermaratona Cidade do Rio Grande.

Como se tratam de provas que trariam ao Município muitos atletas e acompanhantes de outras regiões do país, houve a sugestão por parte da Vigilância em Saúde para que os eventos não fossem realizados. “Por uma questão de segurança de todos e devido ao expressivo número de casos desencadeados pela variante Ômicron no país, entendemos que seria prudente cancelar essas atividades como forma de prevenção”, afirmou o superintendente da Vigilância em Saúde, Antônio Corrêa. No caso da Travessia a Nado entre São José do Norte e Rio Grande, a Prefeitura nortense já havia publicado decreto na última semana, suspendendo os eventos em espaços públicos até início de março. O tema já vinha sendo tratado conjuntamente entre os representantes governamentais dos dois municípios.

A Associação dos Corredores de Rua (ACORRG), através do presidente, Roger Lopes, declarou que a decisão de cancelar os eventos tem o objetivo de preservar a saúde de atletas, apoiadores, voluntários e população em geral. “Estamos passando por um momento difícil novamente em todo o Brasil. Esperamos que em 2023 a situação esteja bem melhor e que esses dois importantes eventos oficiais, possam ser realizados”.

O secretário em exercício de Cultura, Esporte e Lazer, Deivid Pereira, lamentou o retrocesso na retomada das atividades esportivas, mas entendeu que o cancelamento é a solução mais adequada ao momento em função do alto potencial de transmissão do vírus. “Nós tivemos que tomar essas decisões também pelo fato da organização dos eventos precisar de garantias para realização das atividades. E hoje o que menos temos são certezas. Não havendo essa possibilidade de prever com exatidão como estará o cenário daqui há um ou dois meses, entendendo de que são eventos que precisam ter um ambiente mais tranquilo para haver inscritos e com isso sustentabilidade, e baseados numa orientação técnica, decidimos cancelar”, explicou.

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer já havia suspendido todos os eventos esportivos programados para o mês de janeiro. Na próxima semana, com base no novo decreto que será emitido na sexta-feira, 21, o grupo de trabalho deverá se reunir para tratar do assunto.

Assessoria de Comunicação - PMRG

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE