Raciocínio, criatividade e rico vocabulário: Rio Grande oferece 3 bibliotecas com centenas de livros
24/09/2022 13:26 em Variadas

A leitura estimula o raciocínio, melhora o vocabulário, além de desenvolver a criatividade. Dessa forma, para fomentar o interesse e o hábito pela leitura no município, Rio Grande oferece três bibliotecas públicas municipais contendo inúmeros livros e, também, estimula a leitura nas escolas com 58 bibliotecas e 12 cantinhos da leitura.

A coordenadora do Núcleo de Bibliotecas da Educação, Rosane Azevedo, compartilhou sua história, dando destaque nos pontos positivos que a leitura proporcionou para ela. “Desde pequena minha família me incentivou a frequentar e ser socia das bibliotecas, pois não tínhamos dinheiro na época para comprar livros. Dessa maneira, eu vivia dentro desses espaços tendo acesso a muito conhecimento, que me ajudou no meu vocabulário, na minha comunicação e principalmente na minha escrita”, diz Rosane.

Conheça as bibliotecas do Rio Grande

A cidade é composta por três bibliotecas públicas: Monteiro Lobato (centro), Érico Veríssimo (bairro rural) e a Amaury dos Santos (cassino). Para se cadastrar basta comparecer nas bibliotecas portando a carteira de identidade e o comprovante de residência. Na sequência, após preencher o formulário, a pessoa se torna socio e pode escolher qualquer livro disponível para levar para casa. Vale destacar que é preciso ser maior de idade, logo os adultos ficam responsáveis pela retirada e cuidado dos livros de seus filhos.

A professora de língua portuguesa do município, Mara Regina Pires, destaca sobre a relevância de orientar seus alunos a terem o hábito pela leitura. “Sendo professora do nono ano, eu percebo como é importante incentivar esses alunos desde os anos iniciais a lerem livros, pois assim eles adquirem o gosto pela leitura, ganhando uma maior facilidade em interpretar textos trabalhados na sala de aula ou nas provas. Logo, quanto mais cedo inserirmos livros no cotidiano das crianças maior será seu desenvolvimento intelectual na adolescência e na vida adulta”, diz Mara Regina.

Biblioteca Monteiro Lobato

A Monteiro Lobato além de possuir livros contemporâneos, espiritas e da literatura brasileira, também possui um espaço para leitura infantil, contendo material educativo. Dessa forma, o lugar estimula a leitura e aprendizagem das crianças de uma forma lúdica, tendo um espaço pequeno com brinquedos, fantoches, fantasias, gibis e uma mesa para desenhos e pinturas.
Local: Rua General Osório, n°454 – Centro
Funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

Biblioteca Érico Veríssimo
A Érico Veríssimo é um espaço sociocultural de acesso ao conhecimento, dessa forma oferece um acervo de assuntos múltiplos contendo aproximadamente 6,3 mil títulos. O seu objetivo principal é o incentivo ao hábito da leitura, logo para contribuir com essa prática, oferece projetos educacionais e sociais para a comunidade infantil até a terceira idade, como por exemplo os projetos “ Hora do Conto”, para crianças da comunidade e das escolas do entorno; “Projeto Acolhimento: Inclusão Social através da Leitura”, com adolescentes em cumprimento de medidas sócio educativas e, por fim, o “ Livro em Mãos: Leitura Terceira Idade”, que se trata de um projeto oferecido aos CRAS – Hidráulica, Lúcia Nader e Águeda.
Local: Estação Cidadania Cultura Lagoa dos Patos- Rua Pedro de Sá Freitas n. 270 – Bairro Rural
Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Biblioteca Amaury dos Santos
A Biblioteca Amaury dos Santos é composta por um acervo de 10 mil livros, sendo 75% de literatura brasileira e estrangeira, infanto juvenil, romances e infantil, e os outros 25% são de obras gerais para pesquisa. Por estar localizada no Cassino, o espaço tem maior movimento no verão. Atualmente possui mais de 80 sócios ativos que usufruem de serviços como visitas guiadas, consulta local, exposições temáticas e os projetos de incentivo à leitura.
Local: Avenida Rio Grande, n° 69 – Balneário Cassino.
Funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

Projeto Lumina Mundo

O projeto “Lumina Mundo”, desenvolvido pela Secretaria da Cultura, Esporte e Lazer (SCEL), se trata de um veículo adaptado e transformado em biblioteca itinerante que percorre a cidade, seguindo um cronograma de eventos, com a distribuição gratuita de livros.
A ação tem por objetivo se tornar ferramenta de difusão da leitura, logo oferece cerca de 600 livros para doação, com diversos títulos possibilitando ao cidadão escolher obras dentro da literatura clássica brasileira e estrangeira, ou da literatura contemporânea. Além disso, possui um acervo de 400 livros para leitura local.
Para tirar suas dúvidas sobre o projeto, descobrir qual o próximo local que a biblioteca itinerante vai estar ou para buscar informações sobre como doar seus livros visando incentivar a leitura o número para contato é (53) 32357803.

Assessoria - PMRG

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE