Rio Grande inaugurará oficialmente a escola municipal cívico militar
21/11/2022 10:26 em Variadas

A Prefeitura do Rio Grande, por meio da Secretaria de Educação (SMED), promove a inauguração oficial da Escola Cívico Militar Cipriano Porto Alegre, nesta sexta-feira (18), localizada no novo endereço rua Irmã Otília, n° 229, às 18h. A adesão ao programa se deu de forma democrática após a audiência pública com a comunidade escolar, que manifestou interesse ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM), através do decreto 18766.

A escola atende em média 800 alunos, entre educação infantil e 9° ano do ensino fundamental, tendo por objetivo principal, por meio do “Projeto Valores”, inserir uma educação pública de qualidade, pautada em valores, civismo, cidadania, respeito e disciplina, além de proporcionar para esses estudantes atividades diversas.

A vice-diretora da escola, Ana Saleme, destaca a relevância da escola cívico-militar para seus alunos e a comunidade. “Este projeto é muito importante para a comunidade de Rio Grande, tendo em vista os diversos recursos que são disponibilizados, tendo por objetivo o investimento em educação, proporcionando aos alunos atividades diversas, inclusive algumas proporcionadas no contraturno. O Projeto Valores é um dos diferenciais, onde são trabalhados com os monitores assuntos de interesse dos alunos, como: respeito, honestidade, civismo e importância do estudo, bem a melhoria do ambiente escolar”, diz Ana.

O evento de inauguração contará com a exposição cultural direcionada a comunidade escolar e apresentações artísticas, como a peça de teatro realizada pelos alunos do quarto e quinto ano do “Projeto Ecoviver” e apresentações de coral, street dance pelo Sesc e dança tradicional com o DTG Estância São Pedro.

Como funciona o “Projeto Valores”

O projeto é realizado por aproximadamente nove militares da Marinha e do Exército, que acrescentam nas atividades que contribuam para a vida escolar e pessoal dos estudantes. Semanalmente as turmas participam de aulas sobre valores e todas as quartas-feiras realizam a cerimônia de hasteamento da bandeira, além de outras ações educativas.

O trabalho dos monitores não interfere no funcionamento e administração da escola. Eles estão lá apenas para colaborar e prestar apoio, cada professor segue sendo responsável por sua turma e a escola segue sendo gerida totalmente pela equipe pedagógica. Para trabalhar em uma escola cívico militar, os militares passam por uma seleção rigorosa e investigação de toda a sua carreira.

Os militares precisam ter formações acadêmicas e realizam uma qualificação no Ministério da Educação, para depois desse processo, chegarem às escolas. Dentro da equipe que está atuando na Cipriano Porto Alegre estão militares formados em pedagogia, economia, filosofia e ciências sociais.

Assessoria -- PMRG

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE