Adiantados do Enem evitam atraso no segundo dia de provas em Brasília
21/11/2022 10:32 em Variadas

No segundo domingo de aplicação da edição de 2022 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), muitos candidatos em Brasília optaram pela precaução. Em meio à ameaça de chuvas na capital federal e à escassez de transportes públicos no fim de semana, a maior parte dos inscritos chegou cedo. Em alguns casos, com horas de antecedência.

No Centro de Ensino Unificado de Brasília (UniCeub), na Asa Norte, a reportagem não registrou atrasos até as 13h15, 15 minutos após o fechamento dos portões. No entanto, duas candidatas que passaram mal e não puderam fazer a prova saíram com os portões já fechados. Uma delas chorava e nenhuma das duas concordou em dar entrevista.

Também houve pais que conseguiram repassar, com os portões já fechados, documentos que os filhos tinham esquecido de trazer. As carteiras de identidade foram entregues aos seguranças, que as repassaram aos coordenadores do exame.

Precaução

Abertura dos portões, segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022.
Glória chegou ao local de prova com 12 horas de antecedência - Valter Campanato/Agência Brasil

A campeã da precaução foi a professora de dança e trabalhadora autônoma Glória Bruce Silvares, 23 anos. Ela veio de carona de Rialma, distrito de Ceres (GO) e chegou ao UniCeub por volta da 0h de hoje (20) e pretende ir embora assim que acabar a prova. Apesar de não ter dormido na véspera do exame, a candidata se disse preparada para a prova porque faz o Enem pela quarta vez.

“No ano passado, passei para Direito no Sisu [Sistema de Seleção Unificada] e para Engenharia Civil no Fies [Fundo de Financiamento Estudantil], mas perdi as datas de inscrição”, diz Glória. Segundo ela, a falta de informações sobre os processos seletivos a fizeram perder as vagas. Ela diz ter achado fácil o primeiro dia de prova, no domingo passado. “Só a redação foi complicada porque não consegui resumir o tema em 30 linhas”, justifica a candidata, que optou pela área de direito e diz ter decorado os livros da época de escola.

Abertura dos portões, segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022.
Ray Miranda prestou o exame pela primeira vez - Valter Campanato/Agência Brasil

Recém-saído do ensino médio e prestando o Enem pela primeira vez, o estudante Ray Miranda, 18 anos, também optou pela precaução. O candidato, que estudou cinco horas extras por dia desde o início do ano, chegou de Águas Lindas (GO) por volta das 8h de ônibus. Por ter escolhido a versão digital do Enem, ele teve de fazer a prova longe de casa. “A prova digital é muito mais prática. A gente não perde tempo preenchendo bolinhas para marcar o gabarito, e sobra mais tempo para pensar nas questões”, explica.

Preparação

Abertura dos portões, segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022.
Felipe veio de de Alto Paraíso (GO) e às 9h já estava no portão de entrada - Valter Campanato/Agência Brasil

O professor de karatê Felipe Szerdinsks, 24 anos, também preferiu passar algumas horas na porta do local da prova. Morador de Alto Paraíso (GO), chegou de carro por volta das 9h e retornará para casa assim que acabar a prova, em uma viagem que dura aproximadamente duas horas e 20 minutos de automóvel. Formado em Serviços Judiciários e com pós-graduação em Direito Federal, Felipe pretende mudar de vida e fazer outro curso superior na área de saúde ou educação física, para atuar com artes marciais.

“Fiz a edição de 2020, que foi adiada para 2021 por causa da pandemia, mas não passei porque não estudei. Agora, fiz um cursinho on-line por seis meses. No domingo passado, perdi tempo na redação e não consegui responder tudo, mas o que consegui responder, achei fácil”, disse Felipe, que garante ser melhor em ciências exatas, conteúdo cobrado hoje no Enem.

Recém saído do quartel, o reservista Harley Alves, 22 anos, ainda não escolheu a área em que quer fazer faculdade, mas diz ter estudado quatro aulas por dia durante um ano para prestar o Enem pela primeira vez. Vindo de ônibus, chegou às 10h50 e esperava a abertura dos portões, ao meio-dia, com tranquilidade. “Achei a prova da semana passada fácil. Quando a gente se prepara, tudo corre bem”, comenta.

Correção

Os participantes do Enem 2022 fazem hoje as provas de matemática e de ciência da natureza, que engloba química, física e biologia. Cada prova tem 45 questões objetivas. O exame é aplicado em mais de 1,7 mil municípios nas modalidades impressa e digital. Nas duas modalidades, as questões são iguais.

Pelo oitavo ano consecutivo, os veículos públicos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) transmitem a correção das principais questões do Exame Nacional do Ensino Médio logo após o término das provas. A partir das 19h30, professores comentarão e resolverão as questões ao vivo no especial Caiu no Enem.

A iniciativa multiplataforma entra no ar na programação da TV Brasil, nas redes sociais da emissora, na Rádio MEC AM e na Rádio Nacional AM e OC. Com uma hora e meia de duração, o conteúdo temático ainda fica disponível para o público acompanhar quando e onde quiser no app TV Brasil Play.

Gabarito

Os gabaritos das provas serão divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) até o dia 23, online.

O Enem seleciona estudantes para vagas do ensino superior públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), e serve de parâmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.

Agência EBC

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE