PUBLICIDADE
Serviços de limpeza e higienização na cidade são intensificados pela Prefeitura
22/05/2020 18:44 em Variadas

A higienização de todo o Calçadão da Rua General Bacelar, no município do Rio Grande, entre as ruas Benjamin Constant e General Neto, é uma das novas ações acrescentadas ao trabalho desenvolvido pelas equipes da Secretaria de Município de Controle e Serviços Urbanos (SMCSU), durante a pandemia. A ação ocorre em função do último decreto municipal, que flexibilizou a abertura de certas atividades comerciais e acabou levando muitas pessoas ao principal local de aglomerações, a área do Centro da cidade.

Além do Calçadão, foi incluída nas tarefas diárias dessas equipes a higienização das grandes lotéricas do município. Unidades dos CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), paradas e terminais de transporte coletivo, delegacias de Polícia, postos de Saúde, postos vinculados e laboratórios que fazem serviços para a Prefeitura, Asilo e Casas de Apoio, também, estão dentro da lista de locais atendidos pela Secretaria no que se refere à higienização.
Conforme o coordenador da operação, Dirceu Lopes, “aos poucos, e conforme a necessidade e a medida que houver abertura do comércio, efetuamos a higienização de novas áreas”. Ele explica que, a partir do momento que aumenta o serviço, aumentam as equipes. No caso do Calçadão da Bacelar, não houve aumento de equipe. “Otimizamos. A higienização do Calçadão é feita por último, ao final de outras tarefas, ou seja, o hospital e as paradas de ônibus. Não houve aumento de equipes, mas de carga horária.”

Dirceu esclarece que, o ingresso de outros órgãos e instituições na lista do trabalho de higienização provoca o aumento do número de equipes, caso necessário. O Calçadão recebe uma limpeza ao final do dia. Além das ruas com grande fluxo de pessoas, a ação é desenvolvida, também, em pontos de ônibus que vão da Junção até o Trevo, assim como nos terminais do Cassino, na Rua Hidroviária. Nos três turnos do dia, há trabalhadores executando atividades.

Limpeza pesada

Totalmente equipados com luvas e macacões (EPIs – Equipamentos de Proteção Individual), os trabalhadores da Secretaria utilizam uma série de materiais de limpeza, como cloro, concentrados, detergentes e barrilha, tudo na proporção correta. Nos lugares de maior fluxo de passageiros, como o Terminal da Praça Tamandaré, são utilizadas vassouras para uma limpeza ainda mais rigorosa.

 

 

Todo o trabalho é executado com o apoio de quatro caminhões pipas, duas caminhonetes, mais um trator. A higienização e limpeza é uma ação integrada da Prefeitura, coordenada pela SMCSU e desenvolvida com o apoio de outras secretarias de governo, além do Exército e da Marinha. Mais de 200 homens que atuam nesse trabalho foram deslocados de outras tarefas da SMCSU.

Assessoria de Comunicação / PMRG

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE