PUBLICIDADE
Iniciaram nesta terça, 20, as atividades do Bracis, maior evento em inteligência artificial e computacional da América Latina
21/10/2020 10:21 em Variadas

 Iniciou nesta terça-feira, 20, o maior evento da América Latina em Inteligência Artificial (IA) e Inteligência Computacional (IC), o Brazilian Conference on Intelligent Systems (Bracis). Promovido pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), e, nesta edição, organizado pelo Centro de Ciências Computacionais (C3) da FURG, o evento acontece nesta edição em caráter virtual, devido à pandemia e ao isolamento social. A iniciativa acontece até a próxima sexta-feira, 23, com acesso aberto e gratuito, mediante cadastro na plataforma que hospeda a conferência, ficando reservada a certificação para o público pagante, inscrito durante prazo.

O 9º Bracis é dividido entre quatro eventos coalocados: XVI Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional (ENIAC); XII Concurso de Teses e Dissertações em Inteligência Artificial e Computacional (CTDIAC); VIII Symposium on Knowledge Discovery, Mining and Learning (KDMiLe); e IV Brazilian Competition on Knowledge Discovery in Databases (KDD-BR). A programação tem o objetivo de ampliar o debate sobre o tema, enriquecendo a troca de ideias entre pesquisadores desde os mais experientes educadores, profissionais de empresas, até os estudantes que ainda realizam suas graduações.

Sua relevância

Além de sua importância como maior evento sobre o tema na América Latina, para a universidade, estar ativamente presente enquanto entidade organizadora do evento insere a FURG em um patamar antes não ocupado e que soma à realização do Robótica em 2019. Segundo Silvia Botelho, se não fosse a pandemia, o evento teria sido realizado nas mesmas proporções do próprio Robótica, tanto em estrutura instalada quanto em número de participantes.

“É extremamente importante para a FURG a organização desse evento. Pela primeira vez nos colocamos em nível de igualdade com as grandes universidades do Brasil na área de inteligência artificial”, explica e completa o professor Eduardo Borges (C3) - um dos organizadores do evento: “Para a comunidade acadêmica é excepcional, pois o evento traz palestras internacionais de alto prestígio, incluindo players como a IBM e a Huawei – uma das líderes globais em comunicação e TI”.

Ainda segundo o professor, esta área é uma das que mais cresce no setor industrial, abordando uma temática de extrema relevância, já que cada vez mais as empresas estão trabalhando para criar novas rotas de entrega, automatizando seus processos e promovendo campanhas de marketing baseadas em algoritmos de inteligência artificial.

Dessa forma, o evento concentra uma relevância significativa não apenas na discussão desses temas, mas também oportuniza tanto para o estudante quanto para o profissional experiente, trocas que favorecem o aprimoramento de ambos. “Possivelmente nossas empresas do parque tecnológico serão muito orientadas para essa direção”, complementa Eduardo.

Potencial da FURG em IA e IC

De acordo com Eduardo, a FURG tem a terceira maior produção científica em Robótica Inteligente, além de abrigar uma unidade Embrapii, referência na interação entre empresa e academia na produção e desenvolvimento de inovação tecnológica. Recentemente, no Prêmio Pesquisador Gaúcho 2020, promovido pela Fapergs, a professora Silvia Botelho (C3), recebeu o prêmio especial “Inteligência Artificial: a nova fronteira da Ciência Brasileira”. A somatória desses fatores, aliado à organização de um evento da magnitude do Bracis, garantem à FURG o devido reconhecimento, colocando a universidade em destaque como um grande player quanto ao tema.

Uma oportunidade também para os participantes

“Trabalhamos muito para trazer grandes nomes da área. A Loggi – uma das patrocinadoras do evento -, é uma empresa, por exemplo, que cresceu muito a partir da pandemia, pois trabalham com logística. Eles estão contratando muita gente da área de TI, então, nossos estudantes que estão apresentando artigos e interagindo nessa conferência acabam sendo alvo de recrutamento”, explica e completa Eduardo: “eles custearam e pagaram o concurso de teses e dissertações, para ver como eles estão interessados no capital humano e em pessoas que trabalham com inteligência artificial”.

Para participar, basta cadastrar-se junto à plataforma que hospeda o evento. Após este contato inicial, o usuário é direcionado para sala de conferência, para participar das atividades em andamento, de forma completamente gratuita e aberta.

Assessoria de Comunicação - FURG

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE