Prefeitura do Rio Grande realiza primeira live do cronograma alusivo ao Maio Amarelo 2021
06/05/2021 15:30 em Variadas

A Prefeitura do Rio Grande promoveu ontem, 5, a primeira live do cronograma alusivo à campanha do Movimento Maio Amarelo 2021. A ação teve transmissão ao vivo através do facebook e contou com a participação do Prefeito Fábio Branco, do Secretário de Mobilidade, Acessibilidade e Segurança, Anderson Castro, do Superintendente de Trânsito, Luciano Macedo, e da Dirigente do Núcleo de Educação para o Trânsito da SMMAS, Michele Albuquerque.

Com objetivo de mobilizar e sensibilizar a comunidade na busca por reduzir os altos índices de mortes e feridos no trânsito, o Maio Amarelo propõe colocar em amplo debate os aspectos da segurança viária. Esse ano, o tema da campanha internacional é “Respeito e Responsabilidade: Pratique no Trânsito”. Nessa linha, a primeira live das cinco que serão promovidas pelo Executivo Municipal ao longo do mês de maio, buscou introduzir a discussão explicando o que é e como funciona o Movimento.

Além da explanação sobre o objetivo do Maio Amarelo, foram citados assuntos como a educação no trânsito e o comportamento de condutores, pedestres e ciclistas. Conduzindo a live, o Prefeito Fábio Branco ressaltou a importância da atividade e da proposta de colocar o tema trânsito em discussão “num espaço democrático”, para que cada um saiba qual é o seu papel nesse sistema . “Esse momento é muito importante e simbólico para que a gente possa discutir sobre a conscientização dentro do tema de ‘Respeito e Responsabilidade’, pois é isso que as pessoas precisam praticar no trânsito.”, disse Branco.

Para Anderson Castro, gestor da SMMAS, é importante colocar em ênfase nas discussões do Maio Amarelo o próprio conceito de trânsito e como esse sistema “é uma responsabilidade de todos e não só dos órgãos públicos como muitas pessoas acham.” Castro comentou que, conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o trânsito é um sistema amplo formado por pessoas, pelos animais e também pelos veículos, estando eles parados, estacionados ou em circulação.  “Sempre ouvimos muita crítica em cima da fiscalização, mas esquecemos sobre a nossa responsabilidade na via. O trânsito também é um ambiente de risco e que pode tirar a vida das pessoas.”, alertou o Secretário.

Trazendo para discussão a educação no trânsito, a dirigente do Núcleo de Educação da SMMAS, Michele Albuquerque, introduziu sua fala citando o sentimento de empatia como algo necessário dentro do convívio no trânsito. ” Temos dificuldade em assumir o nosso erro e facilidade para apontar o erro do outro. No trânsito, precisamos lembrar que o outro do outro somos nós.”, disse.

Michele falou sobre o trabalho educativo e de palestras que é desenvolvido nas escolas, empresas e instituições. A agente de trânsito também contou as dificuldades de exercer atividades de educação durante a pandemia causada pelo Coronavírus. “O foco do nosso trabalho são as crianças e o desafio no período de pandemia é adequar nossas ações para atingir esse público.”

Sobre o convívio no trânsito, o Superintendente da SMMAS, Luciano Macedo, falou durante a live como enxerga a atitude de algumas pessoas. “Eu vejo uma preocupação das pessoas em não levar a multa, mas elas esquecem que o Código de Trânsito é baseado na direção defensiva. A preocupação deve ser com a minha segurança. Eu tenho que me preocupar com a minha segurança.”, frisou Macedo.

Por fim, a live encerrou deixando a mensagem de que é preciso humanizar as relações no trânsito e enxergar os números como vidas perdidas. O último questionamento lançado pelo Secretário Castro sobre o tema foi: “Será que o trânsito precisa ser assim ?”. As discussões do Maio Amarelo seguem sendo aprofundadas nas próximas atividades.

Confira o cronograma de lives:

Dia 12/05, às 19h30 – Live “CTB: O que mudou?”

Dia 19/05, às 19h30 – Live “A autoridade de trânsito para além da autuação”

Dia 26/05, Às 19h30 –  Live “Respeito e responsabilidade no trânsito o ano todo”

MAIO AMARELO

O Maio Amarelo acontece com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o número de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo da ação internacional é estabelecer um movimento conjunto entre Poder Público e a sociedade civil para colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais variados segmentos. A meta é dialogar efetivamente sobre o tema, engajar-se em ações e difundir informação e o conhecimento, abordando toda da forma mais ampla possível as questões de trânsito dentro de diversas esferas.

 

Assessoria PMRG

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE