PUBLICIDADE
Projeto Pé na Areia realiza atividades de educação ambiental no período do veraneio
06/02/2020 13:31 em Novidades

A Prefeitura Municipal do Rio Grande (PMRG), através da Secretaria de Município do Meio Ambiente (SMMA), desenvolve o Projeto “Pé na Areia Educadores Ambientais Mirins”, que tem como coordenadora Maria Auxiliadora S. Lima, o qual, nessas últimas semanas, trabalhou temáticas relevantes à formação em educação ambiental, para crianças de 6 a 9 anos. Dentro destas temáticas, as crianças tiveram a oportunidade de refletir, debater e construir o conhecimento em relação aos direitos animais, ao trabalho realizado pela Coordenadoria Municipal de Defesa dos Direitos Animais, e como deve ser a conduta dos futuros educadores ambientais mirins com relação a essa temática. Esta atividade ficou a cargo da Coordenadora da Defesa dos Direitos Animais da PMRG Profª Maria de Fátima Maier.

Também foi oportunizado às crianças a “Trilha Ecológica no Horto Municipal do Cassino”. Nesta atividade, a temática foi desenvolvida através do passeio pelo Horto, onde em cada ponto da trilha foi realizado um diálogo pertinente a cada espaço. No espaço das estufas, por exemplo, ocorreram discussões sobre o “Ciclo da vida das plantas”, no Pomar, foi discutido acerca do processo histórico da produção de alimentos e agrária”. Também foi realizado diálogo sobre o processo histórico da formação paisagística de praças e parques verdes urbanos, assim como sobre os diversos tipos de espécies arbóreas, entre nativas e exóticas, enfatizando as espécies invasoras e as em extinção. Para finalizar a trilha foi apresentado aos participantes o trabalho que o Horto realiza, como a produção de mudas e o paisagismo do município. Nesta atividade, as crianças fizeram mudas de flores a partir de sementes e foram presenteadas com flores produzidas pelo Horto. Todos esses encontros (22, 23 e 24/01), foram realizados pela Educadora e Historiadora Ambiental Taciane Umpierre, junto ao coordenador do Horto, o Gestor Ambiental Sérgio Fernandes.

Já na última semana de janeiro, o projeto abordou a temática “Cação não é vilão”, realizada pelo CEPSUL (ICMBIO-MMA), conduzida pela Oceógrafa Paula Salge e Bióloga Eloisa Vizuete. Dentro desta atividade as crianças tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os animais marinhos, com ênfase nos tubarões ameaçados de extinção, como o tubarão-martelo. As palestrantes trabalharam e desenvolveram ações que aguçaram o interesse das crianças sobre a área do conhecimento marinho, apresentando o comportamento de algumas espécies, a cadeia alimentar, e as razões que levaram algumas espécies a serem consideradas como ameaçadas de extinção, como por exemplo a pesca predatória e a poluição no ambiente marinho.

O projeto segue em atividade até o dia 21 de fevereiro de 2020, trabalhando novas temáticas como “Primeiro Socorros”, com os instrutores Felipe S. Oliveira e Sabrina Thuroww, e a oficina de carapaças do “Ritmo do Mar”, oriunda do projeto “Caminho Marinho”, coordenado pelo Oceanólogo Dr. Gustavo Souza.

 

Acessoria de Imprensa/Prefeitura Municipal da Cidade do Rio Grande 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE